文字サイズ

Atualizado em: June 10, 2013 Perfil de Shiga

Estado de Michigan

flag
flag

Estado de Michigan
(Estados Unidos da América)

Estado de Michigan

Estado da região central dos Estados Unidos, terra de esplêndida natureza, onde se localiza o Lago Michigan, um dos cinco Grandes Lagos localizados no norte do país. Sua capital é a cidade de Lansing, e Detroit, famosa pela sua indústria automobilística, é uma de suas mais importantes cidades.

DADOS

DADOS
Michigan Shiga
Área 253,794km² 4,017km²
Proporção do lago em relação a área Aproximadamente 2/5 Aproximadamente 1/6
População 9,969,727 hab. 1,407,724 hab.
Densidade populacional 39.2 hab. por km² 350.4 hab. por km²
Número de municípios 183 19
Temperatura média anual 9.2℃(região central) 4.2℃(região nordeste) 15.5℃
Precipitação média anual(mm) 869.4 1,480

Diferença de menos 14 horas em relação ao fuso horário do Japão

Comparação entre os lagos

Lago Mishigan a partir da cidade de St.Joseph
Comparação entre os lagos
Lago Michigan Lago Biwa
Área 58.016km² 670km²
Volume de água 4 trilhões 871 bilhões de toneladas Aproximadamente 27,5 bilhões de toneladas
Profundidade máxima 281m 103.6m
Profundidade média 84m 41.2m

História da relação de amizade com a Província de Shiga

História da relação de amizade com a Província de Shiga
1968 Assinatura do Convênio de Fraternidade entre a Província de Shiga e o Estado de Michigan (Cidade de Lansing – Estado de Michigan)
1969 Visita de delegação do Estado de Michigan à Província de Shiga
1970 Abertura de exposição sobre pontos turísticos da Província de Shiga no Estado de Michigan (Cidades de Detroit e Grand Rapids)
1976 Primeira visita de uma delegação da Província de Shiga ao Estado de Michigan
1977 Primeira visita de uma delegação do Estado de Michigan à Província de Shiga A partir deste ano começam a ser realizadas visitas mútuas a cada dois anos
1982 O Michigan, barco a vapor com rodas de pás, entra em operação no Lago Biwa O programa Japan Adventure começa a ser realizado
1984 1ª Conferência Mundial sobre Limnologia (Realizada na Província de Shiga, Cidade de Otsu)
1985 Realização da Michigan Fair, na Província de Shiga Primeiro programa de intercâmbio de funcionários da Província de Shiga para o Estado de Michigan
1986 2ª Conferência Mundial sobre Limnologia (Realizada no Estado de Michigan, na cidade de Mackinac Island) Primeiro programa de intercâmbio de funcionários do Estado de Michigan para a Província de Shiga
1989 Construção do Centro Japão para Universidades de Michigan (Cidade de Hikone, Província de Shiga)
1990 Início dos programas de intercâmbio de estudantes de ensino médio entre a Província de Shiga e o Estado de Michigan
1993 Eventos de comemoração dos 20 anos do Convênio de Fraternidade entre a Província de Shiga e o Estado de Michigan Encenação infantil de peça de kabuki (Cidade de Lansing, Estado de Michigan) Conferência Internacional sobr
1995 10ª Visita de missão de amizade do Estado de Michigan à Província de Shiga, tendo como líder honorário o governador de Michigan
1998 Evento em comemoração aos 30 anos do Convênio de Fraternidade Oficina e apresentação de dança típica de festival de Shiga (goushuu ondo), nas cidades de South Field e Lansing)
1999 12ª Visita de missão de amizade do Estado de Michigan à Província de Shiga, tendo como líder honorário o vice-governador de Michigan
2001 9ª Conferência Mundial sobre Limnologia (Realizada na Província de Shiga, na cidade de Otsu), com participação do governador de Michigan

Links relacionados

O problema das espécies de peixes invasoras nos Grandes Lagos

O Estado de Michigan é frequentemente chamado de “ o Estado dos Grandes Lagos”, porém um problema de origem biológica vem assolando os lagos Huron, Erie, Ontario, Superior e Michigan. Este problema é a invasão de espécies não pertencentes àquela região.

Atualmente são encontrados pelo menos 22 espécies de peixe invasoras nos Grandes Lagos. Dentre essas, considera-se que as cinco espécies citadas abaixo já estão começando a interferir no seu ecossistema:

  • Tyuika: Uma espécie de arenque que também já está presente em rios da Europa
  • Eurasian Minnow: Uma espécie peculiar da família dos ciprinídeos que se alimenta das espécies nativas da mesma família
  • Black Sea Silverside: Uma espécie de peixe que se alimenta das espécies nativas
  • European Perch: Espécie de salmão marinho que está trazendo muitas consequências para o ecossistema dos Grandes Lagos
  • Monkey Goby: Espécie de caboz que influencia a espécie nativa da mesma famíla

Nos Estados Unidos, geralmente se considera que as espécies de peixes invasores são peixes usados como isca por entusiastas da pesca que acabaram fugindo ou peixes ornamentais que foram jogados fora, e que desta forma passaram a viver em rios e lagos. Porém, no caso dos Grandes Lagos, a maioria das espécies invasoras são trazidas por navios de carga. Pode parecer um pouco estranho, mas sempre que algum tipo de carga é colocada ou retirada de um navio, é necessário estabilizar a embarcação usando água. Neste processo, peixes e outras espécies de seres vivos acabam entrando nos tanques de lastro. Quando um navio cargueiro vem do mar Cáspio e expele água nos Grandes Lagos, expele também as espécies invasoras que estavam nos tanques. De acordo com especialistas, a maioria das espécies de peixes do Mar Cáspio é capaz de sobreviver nas águas dos Grandes Lagos.

Os especialistas alertam que caso as autoridades não se empenhem em diminuir o número dessas espécies através de algum tipo de controle, a destruição do ecossistema dos Grandes Lagos continuará a evoluir.

Histórico do Convênio de Fraternidade entre a Província de Shiga e o Estado de Michigan

Em abril de 1964, o Vice-diretor do Serviço de Parques Nacionais do Ministério de Assuntos Domésticos dos Estados Unidos, Theodore Swen, veio à Província de Shiga visitar o Parque Nacional do Lago Biwa. Nesta ocasião, o então governador de Shiga, Kin’ichirou Nozaki, solicitou um convênio de amizade com algum estado americano que possuísse algum lago.

No ano seguinte, o Chefe do Departamento da Indústria e do Comércio da Província de Shiga, senhor Ohashi, em visita ao Estado de Michigan sonda as autoridades locais a respeito do convênio de fraternidade. No mesmo ano, o diretor da Secretaria de Recursos Naturais do Estado de Michigan, doutor Ralf Macmullin, visita Shiga e entram em acordo sobre a formação de um convênio de irmandade. O conteúdo deste convênio refere-se às duas partes, sendo possuidoras de lagos, enfatizarem a proteção e conservação do meio-ambiente e promoverem relações de amizade entre seus cidadãos nos âmbitos cultural e econômico.

Em novembro de 1968, o governador Nozaki e o chefe do Setor de Políticas Administrativas relacionadas à Água, senhor Kitagawa, vão aos Estados Unidos e, no dia 14, assinam o convênio de fraternidade junto ao governador do Michigan, George W. Romney, na capital Lansing.