文字サイズ

Atualizado em: June 10, 2013 Perfil de Shiga

o Festival de Carros Alegóricos de Nagahama

Nagahama Hikiyama Matsuri, o Festival de Carros Alegóricos de Nagahama

o Festival de Carros Alegóricos de Nagahama

Um dos maiores festivais com carros alegóricos do Japão, o festival de Nagahama foi tombado como Patrimônio Imaterial Cultural no ano de 1979. Acredita-se que o festival tenha começado na Era Azuchi-Momoyama (1568-1600), quando o xogum Toyotomi Hideyoshi, feliz pelo nascimento de seu primeiro filho, atirou peças de ouro da janela de seu castelo para as pessoas que se encontravam lá embaixo. Com esse ouro os cidadãos construíram doze carros alegóricos dedicados à Hachimanjin, o deus das artes marciais e do arco e flecha,.

Com o desenvolvimento de Nagahama, as casas dos carros alegóricos passaram a competir entre si, melhorando e enfeitando seus carros com os mais diversos tipos de extravagâncias, como luxuosos tecidos de lã, naquela época importados da China e da Holanda.

A maioria dos carros alegóricos que percorrem as ruas de hoje, são os mesmos daquela época. Possuem cerca de 7 metros de altura, por 3 metros de largura, por 7 metros de base e são divididos em dois andares, sendo o primeiro o palco e o camarim, e o segundo o gazebo. Dos doze carros que possuem palco, revezam-se quatro carros por vez para serem puxados pela cidade. Existe ainda mais um, em formato de espada longa que circula pelas ruas sem pausas.

Entre os adereços que enfeitam os carros se encontram duas tapeçarias belgas em estilo Gobelin, de mais de 400 anos. Uma delas retrata uma dama da corte e seus três servos, chamada hououzan kazariketsuzuri, e a outra ilustra um grande número de guerreiros com lanças em punho, chamada okinazan kazariketsuzuri. Ambas peças são consideras Propriedades de Importância Cultural pelo governo japonês.

A principal atração do festival é a encenação de peças de kabuki por crianças, no palco dos carros. Os atores mirins não deixam dever em nada a atores adultos e atraem aplausos entusiamados da multidão de espectadores. As crianças começam a ensaiar desde muito antes do festival e nem é preciso dizer o quanto as apresentações são fantásticas. S não deixe também de assistir o desfile que elas realizam ao anoitecer vestindo as roupas de seus personagens.

O festival começa no dia 9 de abril com a queima de incenso e até o dia 12 acontece o hadaka-mairi, que nada mais é do que os homens dos grupos do festival banhando-se com baldes de água fria usando apenas uma fina tanga de pano. No dia 13 é decidida por sorteio a ordem das apresentações das peças de kabuki e até o dia 15 é possível assistir as apresentações pela cidade.

Programação

Queima de incenso e hadaka-mairi
Dias 9, 10, 11 e 12 de abril
18 e 20 horas

Festival e apresentações de kabuki
Dias 13, 14, 15 e 16
Das 7 horas as 21 horas